ORIGEM  |   ACADÊMICOS   |   ARQUIVO  |   ACERVO  |  CONTATO   |   INSTITUCIONAL    |   ARTIGOS

Finalidade

Academia Maçônica de Letras de Rondônia – AMLRO, fundada em 28 de junho de 1996, é uma associação civil cultural, destituída de fins lucrativos ou tempo de exercício definido, de natureza cultural e autônoma, sediada na cidade de Porto Velho-RO. É composta por mestres maçons na plenitude do exercício de seus direitos em suas respectivas oficinas regulares e jurisdicionadas às duas Potências. A AMLRO é administrada simultaneamente pela Grande Loja e pelo grande Oriente de Rondônia, assim fortalecendo a união pela iniciativa cultural maçônica de modo fraterno.  Abrange a totalidade do estado e tem hoje em seus quadros o número de ___ membros filiados.

A AMLRO objetiva fomentar a produção literária, valorizar a cultura rondoniense no âmbito maçônico e difundir o cultivo das letras, obras e trabalhos culturais no seio da população maçônica e na sociedade. Visa ainda estabelecer contatos de cooperação  com as demais instituições congêneres no País, no propósito de incentivar e promover a aproximação literário-cultural e a paz entre os homens; almeja planejar, organizar, executar e cooperar em pesquisas, trabalhos culturais, eventos literários, debates, seminários, cursos, simpósios, encontros, palestras, recitais nas esferas cultural e literária maçônica, bem ainda prestar o apoio, amparo e defesa dos direitos e anseios dos membros associados à instituição.

Detém, ademais, o fim de promover iniciativas, propostas, reivindicações, ideias, participação e projetos junto ao Poder Público , sempre voltados às aspirações culturais e literárias de interesse da sociedade no Estado.

 

A AMLRO é composta de cadeiras vitalícias, de pertencimento respectivo a cada membro efetivo; cada unidade conserva o seu patronato, sempre um luminar do mundo maçônico.

Presidentes

NOME
PERÍODO
ORIENTE
LOJA
xxxxxx
xxxxx
xxxx
xxxxxx
xxxxx
xxxxxx
xxxxxx
xxxxxx
xxxxx

                                                           DADOS

A sede provisória localiza-se no GOB-RO, na rua Herbert de Azevedo, nº 2045, bairro São Cristóvão, na cidade de Porto Velho.

A Diretoria eleita e empossada exerce mandato de 2 (dois) anos, podendo ser reeleita por igual período.

O Regimento Interno foi aprovado em Assembleia Geral Extraordinária, aos 13 dias do mês de abril de 2012, no GOB-RO.

 

                                          PATRONOS

A Academia Maçônica de Artes, Ciências e Letras de Rondônia - AMLRO detém para cada uma de suas Cadeiras um respectivo Patronato.

 

                                          MEMBROS

 

  1. Esron Penha de Menezes, patrono da cadeira nº 1 – GOB;

  2. Benoit Brito Mendes, patrono da cadeira nº 2 – GOB;

  3. Cláudio Batista Feitosa, patrono da cedeira nº 3 – GOB;

  4. Cláudio Luiz do Amaral Santini, patrono da cadeira nº 4 – GLOMARON;

  5. Euclides Sampaio Fróes, patrono da cadeira nº 6 – GOB;

  6. José Soares Barbosa, patrono da cadeira nº 6 – GLOMARON;

  7. Walter de Oliveira Bariani, patrono da cadeira nº 7 – GLOMARON;

  8. Wilson Dias de Souza, patrono da cadeira nº 8 – GOB;

  9. Estácio Trajano Borges, patrono da cadeira nº 9 – GOB;

  10. Carlos Alberto Camargo Lima, patrono da cadeira nº 10 – GOB;

  11. Emir Brás de Araújo Marques, patrono da cadeira nº 11 – GOB;

  12. Marco Antonio de Faria, patrono da cadeira nº 12 – GLOMARON;

  13. Joaquim Miguel Rodrigues, patrono da cadeira nº 13 – GOB;

  14. Roberto Scalercio Pires, patrono da cadeira nº 14 – GOB;

  15. Carlos Alberto Paraguassu Chaves, patrono da cadeira nº 15 – GOB;

  16. Wolney Ricardo de Lima, patrono da cadeira nº 16 – GOB;

  17. Nelson Rangel Soares Filho, patrono da cadeira nº 17 – GOB;

  18. Antonio Fernando Fernandes, patrono da cadeira nº 18 – GOB;

  19. Emanuel Mirtil Rodrigues de Almeida, patrono da cadeira nº 19 – GOB;

  20. George Alessandro Gonçalves Braga, patrono da cadeira nº 20 – GLOMARON;

  21. Maurílio Galvão da Silva, patrono da cadeira nº 21 – GOB;

  22. Raimundo Nonato Melo e Silva, patrono da cadeira nº 22 – GOB;

  23. José Lucas Pedreira Bueno, patrono da cadeira nº 23 – GLOMARON;

  24. Túlio Anderson da Costa, patrono da cadeira nº 24 – GOB;

  25. Cezar Luiz Salles de Souza, patrono da cadeira nº 25 – GLOMARON;

  26. Osvaldir Pereira de Almeida, patrono da cadeira nº 26 – GOB;

  27. Davys Sleman de Negreiros, patrono da cadeira nº 27 – GLOMARON;

  28. Júlio Cezar da Rocha, patrono da cadeira nº 28 – GOB;

  29. Luís Romeu Cargnin, patrono da cadeira nº 29 – GOB;

  30. Eleazar da Silva, patrono da cadeira nº 30 – GOB.

Presidente da Academia Maçônica de Letras de Rondônia

Nome: Raimundo Nonato Melo e Silva

Cadastro Maçônico: n.º 1596

 

Data de Iniciação: 09.10.2004

 

Data de Elevação: 06.08.2005

 

Data de Exaltação: 05.08.2006

 

Loja a que pertence: B... L...S.. SUPREMA RAZÃO N.º 25

 

Loja a que pertenceu: A.. R.. L.. S.. TRIUNFO DO CANDEIAS N.º 31

 

Cargos exercidos em Loja: Tesoureiro; Orador; Secretário; 1.º Diácono; 2.º Diácono; Chanceler; Guarda do Templo; Porta Espada; Porta Estandarte; Bibliotecário; 2.º Vigilante; 1.º Vigilante; Venerável Mestre (interinamente, enquanto 1.º Vig..).

  

Cargo exercido na GLOMARON: Grande Secretário Historiador

 

Obras escritas maçônicas:

 

-          Hino da A.. R.. L.. S.. Triunfo do Candeias n.º 31;

 

-          Hino da A.. R.. L.. S.. Guardiões do templo n.º 28;

 

-          Hino da B.. L.. S.. Delta n.º 9;

 

-          Hino da GLOMARON.

 

Obras escritas não-maçônicas:

 

Textos publicados em veículos diversos, como jornais periódicos de Porto Velho, jornalzinho universitário (O Berro – UNIR); e outros também utilizados em aulas e avaliações de escola particular de 2.º Grau (COOPEDUC). Assim:

 

-          Acordando (publicado no jornal universitário O Berro (Curso de História da UNIR) e utilizado em aulas e avaliações escolares na Escola COOPEDUC);

-          Desalento (publicado no jornal universitário O Berro (Curso de História da UNIR) e utilizado em aulas e avaliações escolares na Escola COOPEDUC);

-          Dia Claro (publicado no jornal universitário O Berro (Curso de História da UNIR);

-          O Trem (publicado no jornal universitário O Berro (Curso de História da UNIR);

-          Os Insulados (publicado no jornal universitário O Berro (Curso de História da UNIR);

-          Fora (poema) (publicado no jornal universitário O Berro (Curso de História da UNIR);

-          Inglês no Vestibular: nada de medo! (publicado no Jornal O Estadão)

-          Os clowns de Shakespeare (publicado no Jornal Diário da Amazônia);

-          Ponderar é preciso (publicado no Jornal O Estadão);

-          Qual é mais grave: matar sem querer ... dirigindo ou com arma de fogo? (publicado nos sites Viamazônia e Rondoniagora).

 

Realizações: Enquanto Secretário Historiador da GLOMARON, publicou, divulgou e fez circular em todas as Lojas da GLOMARON pranchas solicitando informações detalhadas acerca de cada Loja jurisdicionada à nossa Potência, destacando também em inúmeras visitas às Lojas a importância do resgate histórico da nossa Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia.

            Imbuído do propósito de historiografar a GLOMARON, manteve contato telefônico com todas as Lojas do Estado, bem como manteve contato pessoal com irmãos de quase todas as referidas Lojas, com o que logrou receber material histórico de parte delas, que repassou ao irmão que o sucedeu no cargo. Segue escrevendo um livro sobre a história da GLOMARON.