Grande Loja Celebra Dia Do Maçom Com Renovação De Suas Lideranças


Os maçons da Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia vão celebrar o seu dia – 20 de agosto, Dia do Maçom – em clima de festa e renovação de suas lideranças. Está agendado para esta sexta-feira, 21, a Soberana Assembleia Geral em que a Grande Loja dará posse aos 41 novos veneráveis mestres de suas lojas e ao novo grão-mestre Aldino de Souza Brasil, para um mandato de quatro anos.

Ao falar sobre esta data importante para os maçons brasileiros, o grão-mestre da Glomaron, advogado Juscelino Moraes do Amaral, disse que o momento é de agradecer pela contribuição que recebeu em sua administração nos últimos oito anos. “Só tenho a agradecer. Aos irmãos, pela enorme contribuição para que realizássemos o trabalho da forma como realizamos; à imprensa, pela grande divulgação que faz do trabalho e das ações da maçonaria; à classe empresarial, que sempre nos acenou positivamente quando fomos em busca de ajuda para realizarmos ações fraternais em prol dos mais necessitados; e à sociedade em geral por ter contribuído com nossas ações.

Juscelino afirma que está tranquilo quanto ao trabalho que realizou em dois mandatos como grão-mestre da Glomaron e ainda mais seguro quanto ao trabalho do futuro grão-mestre Aldino Brasil. “Minha confiança no trabalho do irmão Aldino decorre de sua dedicação à Ordem Maçônica ele se preparou para o cargo e por isso foi o mais votado pelos obreiros da Grande Loja para dirigir seus destinos pelos próximos quatro anos”, acentua Juscelino.

A Soberana Assembleia Geral que empossará os novos veneráveis e o novo grão-mestre da Glomaron acontece nesta sexta-feira, dia 21. Primeiro serão empossados os novos veneráveis das lojas, depois será composta a Soberana Assembleia Geral para o ano de 2015-2016 e, na sequência, a SAG dará posse ao novo grão-mestre. No sábado, a partir das 17h, acontece a sessão pública de posse do novo grão-mestre Aldino Brasil, no Teatro Guaporé.

Dia do Maçom no Brasil

Muitos mistérios envolvem os maçons e os rituais maçônicos. Mas, esta data foi escolhida para celebrar o importante papel que esta sociedade de homens livres e de bons costumes teve para um dos momentos históricos mais importantes do país: a Independência do Brasil.

De acordo com a história maçônica, no dia 20 de Agosto de 1822 aconteceu uma sessão histórica entre as Lojas de Maçonaria "Comércio e Artes" e "União e Tranquilidade", na cidade do Rio de Janeiro. Na ocasião, o maçom Joaquim Gonçalves Ledo teria feito um discurso emocionante e inspirador, pedindo a Independência do Brasil ainda naquele ano.

A ideia de Gonçalves Ledo foi aprovada por todos os presentes aquela reunião e registrada na ata do Calendário Maçônico no 20º dia, do 6º mês do ano da Verdadeira Luz de 5.822. Esta data, convertida para o calendário gregoriano (o que é usado na maioria dos países ocidentais), seria equivalente ao dia 20 de agosto de 1822.

Teria sido por impulso da sociedade maçônica que o Príncipe Regente Dom Pedro I teria proclamado a Independência do Brasil no dia 7 de Setembro de 1822 (menos de um mês depois da grande reunião no Rio de Janeiro).


0 visualização