top of page

MANIFESTO DA CMSB: DEFENDENDO A VIDA E CONTRA A LIBERAÇÃO DAS DROGAS E O ABORTO

A CMSB, entidade que representa as Grandes Lojas Maçônicas do Brasil, composta por uma vasta comunidade de maçons em todo o país, faz questão de manifestar sua posição clara e inequívoca em relação a dois temas cruciais: a liberação das drogas e a descriminalização do aborto.


Atualmente, no Supremo Tribunal Federal, está em tramitação uma ação que busca autorizar o uso de maconha em quantidades não superiores a 25 gramas. O debate não se restringe apenas à quantidade de maconha para uso pessoal, mas também diz respeito à direção que as políticas de combate às drogas estão tomando. Tememos que a liberação da maconha possa abrir precedentes perigosos, levando à legalização de drogas mais potentes, como o crack e a cocaína. Mesmo o consumo individual de maconha tem consequências prejudiciais não apenas para o usuário, mas também para suas famílias e para a sociedade como um todo.


Da mesma forma, no mesmo Supremo Tribunal, está em pauta uma ação que permitiria que as mulheres interrompessem suas gestações até as 12 semanas de gravidez, com base em seu livre arbítrio, autorizando profissionais de saúde a realizar o procedimento. Esta proposta visa impor, através do sistema judicial, uma posição que é defendida por uma minoria da população brasileira, que acredita na legalização do aborto. Em outras palavras, está se buscando instituir o ato de matar o feto, ou provocar um aborto "espontâneo" com a aprovação da lei.


Ambos os casos são vistos pela grande maioria da população brasileira, bem como por inúmeras instituições civis, como uma ameaça à vida, seja através do consumo de drogas psicoativas ou da interrupção da gestação. O apelo é por uma conscientização maciça sobre a importância da defesa e valorização da dignidade da vida, assim como a divulgação dos efeitos nocivos das drogas, de acordo com a Lei Antidrogas.


As Grandes Lojas Maçônicas do Brasil, através da CMSB, estão comprometidas em liderar a defesa da moralidade e se solidarizam com a população brasileira. Manifestam sua firme oposição a qualquer movimento que busque a liberação das drogas e do aborto, pois acreditam que tais posições promovem práticas sociais que estimulam o uso de substâncias prejudiciais e a interrupção da vida, a menos que seja legalmente justificado. A Maçonaria, sempre em busca do aprimoramento da sociedade e do respeito à vida, enfatiza sua postura de proteção à dignidade da vida humana.


Neste dia 28 de setembro de 2023, em Brasília, a Maçonaria reitera seu total repúdio contra decisões e movimentos que possam contribuir para a desestruturação da sociedade civil, prejudicar os bons costumes e atentar contra a dignidade da vida humana. Sua missão continua sendo a busca pela felicidade da humanidade, através do aperfeiçoamento dos valores e do respeito à vida.




134 visualizações

Kommentarer


bottom of page