33 anos de Fundação da Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia - GLOMARON.


Hoje é um grande dia para o estado de Rondônia. Há exatos 33 anos o nosso querido Irmão e Governador JORGE TEIXEIRA DE OLIVEIRA juntamente com uma plêiade de irmãos fundavam a Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia (GLOMARON). O pedido de fundação partiu de 3 Lojas Maçônicas: Fé e Confiança nº 01 de Guajará-Mirim, Estrela Renascente nº 02 de Porto Velho e Águia do Planalto nº 03 de Vilhena, todas, até então, pertencentes à Grande Loja Maçônica do Estado do Amazonas. Muitos abnegados irmãos trabalharam, como destemidos pioneiros, para que hoje possamos estar colhendo os frutos. A GLOMARON hoje é uma instituição respeitada e admirada por muitos, graças ao incansável trabalho de cada um de seus membros. Nossos votos de um feliz aniversário vem acompanhado de um grande sentimento de gratidão.


MUITÍSSIMO OBRIGADO GLOMARON PELOS SEUS 33 ANOS DE TRABALHO EM PROL DA FELICIDADE DO GÊNERO HUMANO

Aldino Brasil de Souza - Grão-Mestre

VEJA AQUI AS IMAGENS E PALESTRAS DO EVENTO.

GLOMARON

UMA HISTÓRIA DE AMOR E DEDICAÇÃO (por Walter de Oliveira Bariani)


“Dá-me uma alavanca

e um ponto de apoio

e eu moverei o mundo”

(Archimedes)



A história da humanidade se faz através da abnegação de uns e do comodismo de outros e com a Maçonaria não seria diferente, haja vista as dificuldades enfrentadas pela Sublime Ordem ao longo de sua gloriosa existência onde sempre pontuaram os idealistas a brandirem suas bandeiras progressistas por todos os cantos do mundo, enquanto alguns se esmeravam em desmerecer o trabalho dignificante de tantos.

Desde quando as Corporações de Ofícios se ajuntaram em grêmios atinentes aos serviços prestados, passando pelas Guildas até chegar à Maçonaria Especulativa, os Obreiros da Arte Real enfrentam oposições religiosas notadamente ortodoxas, maledicências veiculadas por uma imprensa nanica e governantes corruptos e sem princípios, interessados em encontrar “bodes expiatórios” onde desaguar suas frustrações enquanto construtores de Homens.


Entretanto, por mais persigam e tentem empalidecer o brilho da Maçonaria, mais sua estrela brilha, mais e mais intensifica sua obra, mais se destacam seus Obreiros da Paz, pois para nós, Maçons, a Sublime Ordem simboliza a Alavanca de imenso poder moral que empunhamos decididamente, apoiando-a na Honra, e com isso todas as dificuldades são ultrapassadas e se tornam um nada, apenas resquícios insignificantes de fantasmas que não assustam sequer a si mesmos.


A história da Maçonaria em terras rondonienses parece haver começado bem antes do então Território Federal do Guaporé existir, haja vista notícias referentes a uma reunião entre Maçons ingleses e de outras nacionalidades, em plena selva, no dia 24 de junho de 1909, conforme relato de certo Frank W. Kravigny, no entanto não encontramos documentos que comprovem tal noticia, mas vale como referencia histórica.


Durante muitos anos havia apenas uma Potência Maçônica a sustentar a estrela fulgurante da Ordem nestas plagas, o Grande Oriente do Brasil, Rondônia, que com destemor e estoicismo, dignos de verdadeiros Obreiros da Arte Real praticavam a Arte Real, mas onde atuam Homens Justos e Perfeitos sempre há lugar para mais outro tanto e essa corrente do bem se consolida com o correr dos tempos e eis que surge mais uma estrela no firmamento dos Céus de Rondônia: a Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia (GLOMARON), fundada em 10 de abril de 1985 que veio somar à Potência Irmã os esforços em a divulgação dos primados Maçônicos nesta terra de Rondon.

Hoje, decorridos exatos 33 anos de sua fundação, nada poderia ressaltar mais tão magna data do que recordar o panteão glorioso onde despontam os Respeitáveis Irmãos que transformaram sonhos em realidades e dentre tantos abrimos espaço para destacar o idealismo do Irmão Jorge Teixeira de Oliveira, Governador do Estado à época da fundação da GLOMARON, obreiro incansável e Destemido Pioneiro nestas plagas de Rondon, que não mediu esforços para consolidar a presença de mais uma Estrela nestas Fronteiras de Nossa Pátria.


Como Sentinelas Avançadas da Ordem e do Progresso pátrio, Maçons abnegados empunharam o Primeiro Malhete da Potência, sem, no entanto, esquecer que na simbologia de Archimedes, esses destacados Irmãos eram as Alavancas que movem o mundo e os Obreiros, verdadeiros pontos de apoio magníficos, cujo conjunto de forças moveu todas as dificuldades e descortinando a colheita benfazeja do Amor Fraternal onde sempre se plantou a cultura, a educação, a paz, a harmonia, sob a égide do Grande Arquiteto do Universo.


O primeiro Malhete da Fraternidade foi empunhado pelo Irmão Silvio Bezerra da Costa, como Grão Mestre, que nos dias atuais reside em Goiânia, capital do Estado de Goiás, e tendo como Grão Mestre Adjunto o saudoso Irmão Antonio Luiz de Macedo Filho, que governaram nossos destinos no período de 10 de abril a 20 de agosto do ano de 1985.

Foi um tempo voltado aos trabalhos oriundos da fundação da novel Potência, figurando como fundadoras as atuais Grandes e Beneméritas Lojas Simbólicas Fé e Confiança nº 01, de Guajará Mirim, fundada em 23 de julho de 1926; Estrela Renascente nº 02, que hoje nos abriga, fundada em 21 de abril de 1980, que em seus primórdios se reunia no Templo da Loja União e Perseverança nº 947 jurisdicionada ao Grande Oriente do Brasil-Rondônia, e Águia do Planalto nº 03, de Vilhena, fundada em 29 de julho de 1980.


Em agosto do mesmo ano assumem os Malhetes da GLOMARON os Irmãos, Ciryllo Leopoldo Carvalho da Silva Neves, Grão Mestre e Alcimar Chaves de Melo como Adjunto, ambos à época membros da Estrela Renascente nº 02, infelizmente já falecidos.

O mandato ocorreu no período de 1985 a 1989 e todos os que vivenciaram este período constataram os esforços ingentes dos Maçons capitaneados pelo Grão Mestrado para a definitiva implantação da Grande Loja em termos de fundação de Oficinas em várias cidades do Estado, solidificando suas bases.

No dia 09 de novembro de 1985, nascia a primeira filha da GLOMARON, a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Saber e Fraternidade nº 04, do Oriente de Ariquemes.

Posteriormente, em 05 de maio de 1986, nascia em a progressista Ji-Paraná a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Acácia de Rondônia nº 05.

No mesmo ano, no dia 18 de outubro, surge na pequena e acolhedora Espigão do Oeste a Oficina de nº 06, a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Liberdade e Justiça.

Prosseguindo com sua meta de consolidação da GLOMARON, outra Loja surge agora em Presidente Médici, a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Cavalheiros da Ordem nº 07, no dia 30 de maio de 1987.

Despontando no cenário rondoniense como promissora capital agrícola, é chegada a vez de a bela Cacoal receber mais uma filha de nossa Potência, a vibrante Gonçalves Ledo nº 08, em 30 de janeiro de 1988.

Neste mesmo ano um grupo de valorosos Irmãos se reuniu e fundou a primeira Oficina na capital, a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Delta nº 09, na memorável data de 09 de março de 1988.

Coroando sua vitoriosa gestão à frente da GLOMARON, Ciryllo funda a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Trabalho e Virtude nº 10, em 19 de março de 1988, em Colorado do Oeste.


Em agosto do mesmo ano assume o Grão Mestrado o dinâmico empresário Irmão Antonio Orlandino Gurgel do Amaral, tendo como Adjunto o Irmão Getulio Nicolau Santore, precocemente falecido, cujo período ocorreu nos anos 1989 a 1992.

As dificuldades eram imensas. A GLOMARON funcionava em uma sala cedida pela Estrela Renascente onde havia apenas uma mesa, com um dos pés quebrados e uma pasta de arquivamento, nada mais.

Orlandino, com seu tino empresarial sentiu que havia a necessidade de dotar a Potência de espaço próprio, assim pensou e assim agiu, instalando-a e a organizando em imóvel de sua propriedade, sem custo algum, onde permaneceu por algum tempo. Posteriormente algumas salas situadas na Av. Marechal Deodoro, esquina com a Avenida Calama, foram alugadas, mas o reduzido quadro de Obreiros e os custos elevados fizeram com que ocorresse nova mudança, agora para uma edícula transformada em salas, situada ao lado da Estrela Renascente nº 02, no imóvel onde funcionava a empresa do Irmão João Carlos Gonçalves Ribeiro, à época Grão Mestre Adjunto.

Em sua primeira gestão, Orlandino fundou as Augustas e Respeitáveis Lojas Simbólicas:

Queop’s nº 11, no dia 23 de julho de 1991, em Porto Velho e Nilo Peçanha nº 12, em Alta Floresta do Oeste, em 29 de novembro de 1991.

Ainda em sua gestão, foi instituído o Centro Maçônico de Previdência, CEMPREV e fundou-se o primeiro Capítulo da Ordem DeMolay no estado, denominado Capítulo Jorge Teixeira, que acabou por ser a origem da Ordem não só em Rondônia como no vizinho estado de Acre e também na Bolívia.

Em princípios de 1992, Orlandino renuncia ao cargo visando proporcionar mudanças na direção da GLOMARON e o novo Grão Mestre, Getulio Nicolau assume o Primeiro Malhete tendo como Adjunto o Irmão Ricardo Ramirez Pavón, membro da Loja Acácia de Rondônia nº 05, de Ji-Paraná.

Em 01 de agosto de 1992, alguns dias antes de passar o Malhete ao novo Grão Mestrado eleito em junho do mesmo ano, Getulio funda a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Alfa e Ômega nº 23, em Cerejeiras.


Em 20 do mesmo mês, assume novamente o Malhete o Irmão Antonio Orlandino Gurgel do Amaral tendo como Adjunto o Irmão João Carlos Gonçalves Ribeiro para a gestão 1992 a 1995 e logo em seguida a potência reinicia o programa de fundação de novas Oficinas e neste diapasão surgem as Augustas e Respeitáveis Lojas Simbólicas:

Estrela do Norte nº 14, em Ouro Preto do Oeste, no dia 07 de setembro de 1993; Estrela da Fraternidade nº 15, em Jaru, no dia 24 de agosto de 1994; Estrela do Guaporé nº 16, em Costa Marques, no dia 17 de setembro de 1994 e Cavaleiros da Justiça nº 17, no dia 29 de abril de 1995, em Nova Brazilândia do Oeste.

Assim como aconteceu em seu primeiro mandato, Orlandino transparecendo sua grandeza de alma renuncia ao cargo no inicio de 1995 para oportunizar ao seu Adjunto assumir o Primeiro Malhete da Potência, não sem antes capitanear uma campanha de arrecadação de fundos junto aos Irmãos jurisdicionados, visando a construção da sede própria da GLOMARON, passando o montante arrecadado ao Irmão João Carlos Gonçalves Ribeiro, que assumiu juntamente com o Irmão Gabriel Marques de Carvalho, cujo mandato findou em agosto de 1995, mas neste espaço de tempo, mais uma Oficina é fundada em Porto Velho, a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Paz Universal nº 18, no dia 14 de maio do mesmo ano.


Em 20 de agosto, assume os Irmãos Ricardo Ramirez Pavón e Cláudio Luiz do Amaral Santini como Grão Mestre e Adjunto, respectivamente.

Logo no inicio de sua gestão, recebendo a Potência com bom resultado financeiro oriundo da gestão do Irmão Orlandino, o Irmão Ricardo adquiriu o imóvel onde atualmente funciona nossa Potência, adaptando-o às necessidades administrativas de uma instituição que crescia a olhos vistos em todo o estado de Rondônia.

Durante essa gestão foram fundadas as Augustas e Respeitáveis Lojas Simbólicas:

Palmares nº 19, no dia 13 de maio de 1996, em Pimenta Bueno; Thêmis e Ágora nº 20 no dia 19 de outubro de 1996, em Rolim de Moura; Estrela da Alvorada nº 21, no dia 07 de dezembro de 1996, em Alvorada do Oeste.

Em fevereiro de 1999, visando a desincompatibilização com os cargos para novamente se candidatarem aos mesmos, exigência constitucional, o Grão Mestrado renuncia e em seu lugar assume, interinamente, o Irmão Romeu da Silva, então Primeiro Grande Vigilante, encarregado de organizar no prazo de 30 dias as eleições para o mandato complementar, no entanto extrapolou, indevidamente, o prazo estipulado na Constituição, e em 11 de fevereiro de 1999 funda a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Vigilantes da Ordem nº 22, em Mirante da Serra.

Não se sabe as causas que originaram a extrapolação do prazo determinado, mas apenas em maio daquele ano assume o novo Grão Mestrado eleito regularmente para a conclusão do mandato.


Assim, em meados de maio de 1999, assume o Primeiro Malhete o Irmão Walter de Oliveira Bariani, tendo como Adjunto o Irmão Antonio Carlos do Nascimento.

Mesmo com pouco mais de 100 dias de gestão, o novo Grão Mestrado não se conformou em ser apenas uma transição, ao contrário, arregaçou as mangas e realizou uma administração digna de elogios por parte de toda a jurisdição.

Fundou o cargo de Grande Historiador da GLOMARON, encarregado de resgatar a historiografia da Potência; fundou o CEMADER, destinado a unir através do esporte a família maçônica; fundou o CEMASCO, visando o trabalho assistencial pela Potência; fundou e implantou a Ordem Internacional das Filhas de Jó em 14 de agosto de 1999, através do Bethel nº 01, Lírios do Madeira, que originou e fundou o Bethel nº 01 em Rio Branco, Acre.

Organizou e realizou o 1º Encontro de Lojas Jurisdicionadas à GLOMARON, em julho do mesmo ano, em Jaru, com a presença maciça das Oficinas, encontro voltado às práticas administrativas em as Oficinas.

Fundou as Augustas e Respeitáveis Lojas Simbólicas:

Paz, Justiça e Trabalho nº 23, em 28 de maio de 1999, em Nova Mamoré; Suprema Razão nº 25 no dia 01 de agosto de 1999, em Porto Velho e Defensores da Ordem nº 26 no dia 10 de agosto de 1999, à época em Candeias do Jamari, mas que posteriormente se fixou em Porto Velho.

Fundou e instituiu a Loja Maçônica de Estudos e Pesquisas “Geraldo Lima” nº 24, em 31 de julho de 1999, destinada a ser o canal intelectual da Maçonaria rondoniense e futura base para a implantação de uma Academia de Letras, Ciências e Artes no seio da GLOMARON.

Foi durante a Gestão dos Irmãos Bariani e Nascimento que iniciaram os trabalhos voltados à concretização do Tratado de Mútuo Reconhecimento e Fraternal Amizade entre a GLOMARON e Grande Oriente do Brasil, em trabalho conjunto com o Eminente Grão Mestre do GOB-RO, Irmão Euclides Sampaio Fróes, o querido Irmão Kida.

Deste trabalho que marcou os destinos da Maçonaria em terras rondonienses originou o tratado firmado nos princípios do ano de 2000 pelo novo Grão Mestrado.


Em 20 de agosto, o Malhete volta às mãos dos Irmãos Ricardo Ramirez Pavón e Cláudio Luiz do Amaral Santini para mais um mandato à frente da Potência e nesse período, 1999 a 2003, é construído o anexo ao imóvel próprio e a fundação de mais outras Lojas Simbólicas:

Pedreiros de Machado nº 27 no dia 08 de janeiro de 2000, em Machadinho do Oeste; Guardiões do Templo nº 28 no dia 13 de novembro de 2002, em Porto Velho; Paz e Fraternidade nº 29 no dia 30 de maio de 2003, em São Francisco de Guaporé.

Ainda neste período, em setembro de 1999, o Irmão Ricardo é acometido de grave doença cardíaca e é internado na capital paulista para o devido tratamento, assumindo o Malhete provisoriamente o Grão Mestre Adjunto Irmão Cláudio Luiz do Amaral Santini, que representou a GLOMARON no 4º Encontro Mundial das Grandes Lojas, realizado também na capital paulista, onde surgiu pela primeira vez um Tratado de Amizade entre uma Grande Loja e o Grande Oriente do Brasil, quando a GLESP assim o fez, coroando aquele encontro de pleno êxito.

No inicio de 2003 o Irmão Claudio Luiz do Amaral Santini renuncia ao cargo de Grão Mestre Adjunto visando concorrer ao Grão Mestrado e para substituí-lo até o final do mandato é eleito o Irmão Paulo Benevenuto Tupã.


Santini não logra êxito em sua empreitada assumindo em agosto do mesmo ano o comando da GLOMARON o Irmão Renato Condeli, tendo como Adjunto o Irmão Heinz Roland Jakobi, cujo mandato terminou em agosto de 2007.

Durante esse período, fundaram-se as Lojas Simbólicas:

Phoenix nº 30 no dia 21 de agosto de 2003, em Cacoal, primeira Loja da jurisdição a trabalhar no Rito de York Americano; Triunfo de Candeias nº 31, em 12 de novembro de 2003, na cidade de Candeias do Jamari; Padre Roma nº 32 no dia 03 de abril de 2004, em Buritis; São João nº 33 no dia 24 de junho de 2004, originalmente fundada para funcionar em Itapuã do Oeste, mas que também acabou por se fixar em Porto Velho; A Luz do Graal nº 34 no dia 03 de novembro de 2004, em Porto Velho, primeira Loja a funcionar no Rito Schröder na jurisdição; Sagrada Família nº 35 no dia 15 de novembro de 2004, na cidade de Jaru; Jacques DeMolay nº 36, primeira Loja Universitária da jurisdição, no dia 05 de setembro de 2005, em Porto Velho; Marechal Rondon nº 37, no dia 30 de março de 2006 em Ji-Paraná.

Durante essa gestão ocorreu pela primeira vez em Rondônia, o Encontro dos Grãos Mestres das Grandes Lojas da Região Norte do Brasil.


Para os períodos de 2007 a 2011 e 2011 a 2015, foram eleitos para o Grão Mestrado os Irmãos Juscelino Moraes do Amaral, Grão Mestre e Antonio Alves Pereira, como Adjunto.

Ambos os períodos foram de extrema funcionalidade com a implantação de novas Lojas e, principalmente, a solidificação da GLOMARON no cenário mundial, com a participação do Grão Mestrado em vários países levando o nome de nossa Potência, mostrando ao mundo que em Rondônia havia uma Soberania Maçônica ativa e participante.

Uma das mais importantes obras capitaneadas pelo Irmão Juscelino foi a construção e posterior manutenção da Casa de Apoio ao Hospital de Câncer São Daniel Camboni, na cidade de Cacoal, trabalho gerenciado pelos valorosos Irmãos do Quadro da vibrante Grande e Benemérita Loja Simbólica Gonçalves Ledo nº 08, com o apoio de todas as demais Oficinas jurisdicionadas.

Durante o primeiro mandato Juscelino se preocupou em organizar a Grande Loja, interna e externamente, juntamente com as Lojas jurisdicionadas, mas no segundo mandato ocorreram as fundações das Lojas Simbólicas:

Vale do Jamari nº 38 no dia 01 de abril de 2013, em Ariquemes, segunda Oficina a operacionar o Rito de York Americano, além das Lojas Antonio Macedo, Ciryllo Carvalho Neves e Jorge Teixeira de Oliveira.

Em 2010, quando ocorreu o vigésimo quinto aniversário da GLOMARON, coroando os festejos, mais uma vez o Encontro de Grãos Mestres das Grandes Lojas na Região Norte do país acontece em Porto Velho, e o mesmo acontecendo, pela terceira vez, em 2015, quando do trigésimo aniversário de nossa Grande Loja.

Ambos os eventos revestiram-se não apenas de caráter festivo como também promoveram o intercambio com as potencias legais e legitimas que compareceram a Porto Velho em demonstração do elevado prestigio que nossa potência conquistou junto à Maçonaria Universal.

Em 2015, o Irmão Antonio Alves Pereira renuncia ao cargo de Grão Mestre Adjunto para concorrer ao de Grão Mestre, sendo eleito para a complementação do mandato o Irmão José Ventura Pereira.

O Irmão Antonio Alves Pereira não logrou êxito em suas pretensões.


Em agosto de 2015, assumiu o Grão Mestrado os Irmãos Aldino Brasil de Sousa, Grão Mestre e Antonio Carlos do Nascimento, Adjunto, para o período de 2015 a 2019.

Neste inicio de trabalho observa-se a preocupação do Grão Mestrado em organizar a Grande Loja em todos os seus departamentos, modernizando as administrações dos mesmos, reformando a Constituição, atualizando os Rituais Simbólicos, prestigiando principalmente as Lojas localizadas no interior do estado com a presença inclusive de sua comitiva, congraçando a Família GLOMARON em um único e sólido amplexo fraternal.

Até o presente momento, Aldino comandou a fundação de duas novas Lojas, perfazendo um total de quarenta e três estrelas a brilharem na constelação da GLOMARON, sendo a de nº 42 a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Ricardo Ramirez Pavón, em 09/04/2017, na cidade de Itapuã do Oeste e a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Rei Salomão nº 43, em Monte Negro.

Aldino, capitaneando uma equipe de Obreiros entusiastas e dedicados, aprofunda as reformas administrativas criando novas secretarias e entidades subsidiárias, dinamizando os trabalhos internos da GLOMARON.

Atendendo aos apelos beneficentes instala no Estado de Rondônia o Clube Shriner Madeira-Mamoré, filiado ao Shriner Internacional, que mantém 22 hospitais no mundo para tratamento de crianças com até 18 anos de idade nas áreas: Queimaduras, Fenda Labial e Palatal, Ortopedia e Medula Espinhal. Esta instituição é reconhecida pela ONU como a mais importante do planeta nesta área.

A GLOMARON dando continuidade aos trabalhos encetados ao longo dos tempos por todos os ilustres Irmãos que tiveram a honra em dirigir seus destinos, hoje sob o comando do Irmão Aldino Brasil de Sousa, apóia instituições benemerentes em várias localidades do Estado:

  • Bodes do Asfalto, entidade composta por maçons para recreação e filantropia;

  • Funda o GEAP – Grupo Estadual de Ação Política, criado para pensar os municípios politicamente, colaborando na elaboração de projetos e políticas públicas;

  • Mantém o programa de manutenção à Casa de Apoio ao Hospital de Câncer São Daniel Comboni no município de Cacoal, com capacidade de atendimento para até 64 pessoas;

  • Lança o projeto da Casa de Apoio ao Hospital de Câncer da Amazônia em Porto Velho, com capacidade de atendimento de 122 pessoas, denominado por Casa de Apóio Filhos de Hiram;

  • Incentiva a manutenção do Lar do Idoso "MARIA TEREZA DA LAMARTA", no município de Vilhena com atendimento a 46 idosos, trabalho social da Grande e Benemérita Loja Simbólica Águia do Planalto nº 03 sediada naquele município;

  • Estimula os trabalhos benemerentes praticados pela Grande e Benemérita Loja Simbólica Suprema Razão nº 25 através do Solar da Paz, em Porto Velho, com escola infantil, brechó, sopão comunitário e atendimento diversos às crianças;

  • Apóia a várias APAE’s tanto na capital quanto no interior do estado;

  • Estende o braço amigo à AMAAR – Associação de Mães de Autistas de Ariquemes, inclusive com a realização de Leilões Beneficentes;

  • AMA’s, Sociedade Pestalozzi, Casa da Família Roseta, Lar de Idosos, Sopas Comunitárias, Distribuição de Cestas Básicas e etc.

É a Sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia assumindo seu lugar dentre as instituições que trabalham por um mundo melhor, fazendo coro com a Maçonaria Universal, aqui representada por todas as Potências presentes a este evento, dignas embaixadoras dos Maçons espalhados pela face da terra.

Neste presente evento comemoramos os 33 anos de fundação de nossa amada GLOMARON e só podemos agradecer ao Grande Arquiteto do Universo pela graça em podermos participar não só deste evento comemorativo, mas de toda a gloriosa história da Maçonaria Universal em terras rondonienses, exaltando o amor fraternal, a paz, a harmonia e a prosperidade como corolário aos esforços dos trabalhadores da Arte Real.

Que o Grande Arquiteto do Universo continue a abençoar nossa amada GLOMARON, sempre, juntamente a todos seus Obreiros e familiares.

Salve a data de 10 de abril de 1985, nascimento de mais uma estrela a fulgurar nas constelações maçônicas em todo o universo: a Grande Loja Maçônica do Estado de Rondônia.


Porto Velho, RO, 06 de abril de 2018



Walter de Oliveira Bariani, 33º

Grão Mestre ad Vitam

Cadastro nº 283

146 visualizações